Grupo de Estudos para Personal Trainer - Ciência no TEF

Grupo de Estudos para Personal Trainer - Ciência no TEF

Baseado em 225 avaliações
  • 7934 Alunos matriculados
  • 00 Minutos de duração
  • 260 Aulas
  • 55 Módulos
Acesso Gratuito
Acessar Dê um passo adiante em sua carreira!
"Curso muito top!! está me ajudando muito em elação a musculação"
Pablo
mais avaliações

A algum tempo atrás criei um grupo fechado no Facebook (Ciência no Treino em Foco) para compartilhar artigos científicos previamente analisados. Estes são lidos, analisados e comentados no próprio pdf buscando contribuir com a análise crítica por parte do leitor.

               Hoje (06/03/2018) somos 15.078 membros. Interpreto esse número como um grande sucesso pois, em um país com tantas carências de diversas áreas e setores, conseguirmos atingir mais de 15.000 pessoas interessadas em ler, estudar e divulgar material científico na área de Educação Física, mais especificamente no fitness, é uma grande vitória.

               A partir deste entendimento nós do Treino em Foco resolvemos aperfeiçoar a forma de divulgação científica. No espaço que você está conhecendo agora, o Treino em FOCO Academy, nós iremos dar continuidade ao que realizamos no Grupo do Facebook. Assim, estamos criando o GRUPO DE ESTUDOS CIÊNCIA NO TREINO EM FOCO.

               Neste espaço postaremos Artigos Científicos que embasam diversas de nossas vídeo aulas. Nestes artigos traremos uma análise prévia com comentários no PDF, onde você poderá fazer o Download dos estudos e analisar o papper e nossos comentários. Claro que a sua análise e interpretação é fundamental, o que buscamos aqui é contribuir com o processo de estudos referente a materiais científicos. 

               Portanto, seja muito Bem Vindo!

          Vamos aliar TEORIA com PRÁTICA e Ciência com Experiência para que possamos evoluir profissionalmente e com isso gerar uma Educação Física mais qualificada desenvolvendo e ampliando nossa credibilidade perante a sociedade.

               Lembrem-se:

               Sempre em frente evoluindo!

               Um forte abraço a todos e espero que nosso grupo de estudos possa ser contributivo.


               Prof. Dr. João Moura.

4 anos Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 4 anos após a matrícula.
Nenhuma descrição cadastrada.
João Moura
"Professor João Moura nasceu em Cruz Alta (RS) em 1971. Em 1992 ingressou na UFSM (Universidade Federal de Santa Maria) para seus estudos no Curso de Ed. Física."

           

- Graduado em Educação Física Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM/1996);

- Mestre em Ciência do Movimento Humano – área de concentração Cineantropometria (UFSM/1999);

- Doutor em Ciência do Movimento Humano – área de concentração Avaliação e Prescrição de Exercícios (UFSM/2004);

- Docente da Universidade Regional de Blumenau (FURB);

- Autor dos livros:

        - “Guia Normativo para Confecção de Artigos de Pesquisa IPGEX” (1998); 

        - “Protocolos Antropométricos e Equações Preditivas da Composição Corporal” (2010); 

        - “Saúde em Ação” (2011); 

        - “Abordagem Metodológica da Ginástica de Academia” (2011); 

        - “Postura Corporal Humana” (2012); “Organização e Planejamento do Treinamento Desportivo” (2012); 

        - “Antropometria e Composição Corporal: protocolos de medidas, equações preditivas e novas estratégias de análise” (2014);

        - Autor do capítulo “Antropometria para Estimativa da Massa Muscular” na obra “Biometrica” (2012); 

- Coordenador do LADEHM (Laboratório de Desempenho Humano) da FURB. 

- Personal Trainer e professor de TRP (Treinamento Resistido com Pesos - Musculação) a mais de 20 anos;

- Professor de ginástica de academia (Aeróbica, step e localizada) por mais de 10 anos.


Conteúdo Programático

  • 1. Sistema de Pre exaustão como pode ajudar na hipertrofia muscular?
  • 2. Drop set vs tradicional sobre ganhos de força e hipertrofia muscular.
  • 3. GVT potencializa os ganhos de força e hipertrofia muscular?
  • 4. Método/sistema Super-Slow é interessante para hipertrofia?
  • 5. Com treino igual, o método/sistema de treino influência ganhos de hipertrofia muscular?
  • 1. Treino de Força pode Contribuir com o Desempenho na Corrida?
  • 2. Treinamento concorrente - Efeito de interferência.
  • 3. Treinamento concorrente gera maior efeito hipotensivo?
  • 4. Treinamento concorrente de somente nove semanas traz benefícios?
  • 5. Treinamento concorrente para ciclismo com as mãos é bom?
  • 6. Treinamento concorrente até a falha?
  • 7. Treino aeróbio pode atrapalhar os ganhos de braço?
  • 8. Treino de força pode prejudicar esforço aeróbio máximo?
  • 9. Hipertrofia dos tipos de fibras e expressão de miostatina
  • 10. Treinamento concorrente e respostas moleculares
  • 11. Existe diferença na magnitude da hipertrofia das fibras do tipo I e II?
  • 12. Ordem do treinamento concorrente pode influenciar as adaptações fisiológicas em iniciantes?
  • 13. Tipo de treino aeróbio influencia os ganhos de força?
  • 14. Freqüência semanal de sessões aeróbias
  • 15. Volume do treino aeróbio e sua influência sobre a produção de força
  • 16. Treino aeróbio após o resistido atrapalha ganhos de força?
  • 17. Efeito de interferência para quem treina aeróbio, força e concorrente - É diferente?
  • 18. Influência no Desempenho na musculação x Intensidade do treino aeróbio - Qual a relação?
  • 1. Treinar perna auxilia no aumento de força de braço?
  • 2. Treinamento excêntrico gera hipertrofia diferentes entre homens e mulheres?
  • 3. Para hipertrofia em mulheres peso alto ou moderado?
  • 4. Ganhos de força - Melhor treinar tradicional ou excêntrica supramáxima?
  • 5. 12 semanas de GVT causa maior ganhos de força e hipertrofia muscular?
  • 6. Treinar três ou seis vezes por semana para ganhar força?
  • 7. Repetições parciais ou totais para hipertrofiar trícpes?
  • 8. Iniciantes uma ou três séries para hipertrofia?
  • 9. Uma, três ou cinco séries para hipertrofia e força muscular?
  • 10. Treinar uma ou duas vezes o mesmo grupo muscular?
  • 11. Qual melhor forma de aplicar o sistema piramidal?
  • 12. Para prevenir a síndrome osteosarcopenica, é preciso realizar volume alto?
  • 13. Volume de treino semanal influencia os ganhos de hipertrofia muscular?
  • 14. Intensidades diferentes podem levar a hipertrofia muscular?
  • 15. Influencia do tempo de intervalo sobre o volume total de treino
  • 16. Quantas vezes por semana treinar para manter os ganhos de força e hipertrofia?
  • 17. Duas ou três sessões semanais para aumentar massa muscular em idosas?
  • 18. Alunos inciantes devem treinar uma ou três vezes por semana o mesmo grupo muscular?
  • 19. Realizar 25 a 35 repetições pode hipertrofiar?
  • 20. Periodização ondulatória com cargas altas ou baixas?
  • 21. Tríceps na polia vs extensão de cotovelos sobre a cabeça
  • 22. Para ganhos de força - Periodização linear ou ondulatória diária?
  • 23. Controlar volume de treino pelas séries?
  • 24. Periodização ondulatória diária vs linear
  • 25. Novas evidência sobre ganhos de força e frequência semanal
  • 26. Periodização vs não periodização para inicinates
  • 27. Para hipertrofia muscular periodização linear ou ondulatória?
  • 28. Quando o volume está equalizado a forma de periodização influencia?
  • 29. Qual melhor forma de periodização para ganhos de força?
  • 30. Periodização ondulatória vs flexível
  • 31. Treinamento periodizado vs não periodizado para ganhos de força
  • 32. Diferentes formas de periodização ondulatória diária
  • 33. Qual exercício ativa mais os isquiotibiais?
  • 34. "E ai professor?! Coloco os pés para "dentro" ou "para fora"?
  • 35. Quantas sessões para o idoso identificar hipertrofia muscular?
  • 36. Número de séries e hipertrofia do bíceps braquial
  • 37. Influência da somatotipia sobre desempenho de força
  • 38. Treino aeróbio e resistido podem produzir ganhos hipertróficos semelhantes?
  • 39. Treinar 3 ou 6 vezes por semana o mesmo grupo muscular, produz adaptações musculares diferentes?
  • 40. Como é o treino de fisiculturista?
  • 41. Treino de flexibilidade atrapalha hipertrofia?
  • 42. Treinar de manha ou de tarde influência os ganhos de força e hipertrofia muscular?
  • 43. Qual a orientação dos profissionais sobre intervalo entre séries?
  • 44. Variar as repetições a cada treino é bom para hipertrofia muscular?
  • 45. Qual a influência do intervalo sobre os ganhos de força e hipertrofia muscular?
  • 46. Realizar 5, 10, 15 ou 20 séries para cada grupo muscular para mulheres?
  • 47. Alunos iniciantes precisam ir até a falha para ganhos de força e hipertrofia muscular?
  • 48. O que é melhor para hipertrofia do bíceps, excêntrica submáxima ou supramáxima?
  • 49. A frequência semanal influência nos ganhos hipertróficos?
  • 50. Periodização em bloco vs ondulatória diária - Novo estudo
  • 51. Melhor treinar de manha ou de tarde para hipertrofia?
  • 52. Para ganhos de hipertrofia seria interessante trabalhar com quilagens baixas e moderadas?
  • 53. Fase excêntrica mais lenta gera mais hipertrofia?
  • 54. Ordem dos exercícios influência as adaptações musculares?
  • 55. Realizar séries até a falha com idosos potencializa ganhos de hipertrofia e força?
  • 56. É interessante variar os exercícios para hipertrofia muscular?
  • 57. Maior volume de treino gera ajustes hipertróficos maiores?
  • 58. Mulheres iniciantes precisam ir até a falha?
  • 59. Alongamento entre séries atrapalha os ganhos de força e hipertrofia muscular?
  • 60. Aplicar algum modelo de periodização para iniciantes é necessário?
  • 61. Volume total de treino - Novas evidências de 2019
  • 62. Fazer alongamento estático e dinâmico, potencializa as adaptações neuromusculares?
  • 63. Com quilagem baixa, é necessário ir até a falha?
  • 64. Variar os exercícios aumenta os ganhos de força e hipertrofia muscular?
  • 65. Método 3/7 é eficiente?
  • 66. Influência da amplitude de movimento - Estudo de revisão
  • 67. Ordem dos exercícios influência ganhos de força e hipertrofia? Estudo de revisão
  • 68. Ordem dos exercícios e ganhos de força e hipertrofia - Estudo de revisão
  • 69. Levar em consideração o histórico de treino, é importante para hipertrofia?
  • 70. Influência da execução de multi e monoarticular, isolado ou combinado e da ordem na hipertrofia
  • 71. Número de repetições com volume equalizado, altera os ganhos?
  • 72. Volume total de treino e não intervalo influência ganhos hipertroficos
  • 73. Para hipertrofia do tríceps surral - Mais ou menos repetições?
  • 74. Pesos livres vs Máquinas - Qual o melhor para hipertrofia?
  • 75. Freqüência de treino baixa vs alta?
  • 76. Para treinados, falhar potencializa os resultados?
  • 77. Hipertrofia das fibras do tipo I e II - Melhor treinar com peso baixo ou alto?
  • 78. Rosca Scott com barra vs no cabo - Qual gera mais hipertrofia?
  • 79. Variar os exercícios ajuda na hipertrofia muscular?
  • 1. Tríceps testa e francesa produz ativação muscular diferente?
  • 2. Agachamento com pesos livres vs Smith Machine - Qual produz maior ativação muscular?
  • 3. Agachamento vs elevação pélvica - o que trabalha mais glúteo?
  • 4. Elevação pélvica - Diferentes formas de execução e ativação muscular
  • 5. Qual agachamento produz maior ativação muscular?
  • 6. Quilagens baixas vs altas produzem mesma ativação muscular?
  • 7. Mesa flexora vs Stiff - Produz ativação diferente nos isquiotibiais?
  • 8. É necessário executar exercícios específicos para produzir um maior estresse sobre os isquiotibiais?
  • 9. Rosca direta com halteres. barra reta e W - Qual ativa mais o bíceps e braquiorradial?
  • 10. Comparação da ativação muscular entre supino na barra, Smith machine e halteres
  • 11. Ângulo do banco no supino muda ativação no peitoral maior?
  • 12. Agachamento, leg press, cadeira extensora produzem ativação do quadíceps diferentes?
  • 13. Agachamento clássico x búlgaro x stiff - Comparação da ativação de glúteo e isquiotibiais
  • 14. Realizar o agachamento búlgaro com flexão do quadril, aumenta ativação do glúteo?
  • 15. Análise eletromiográfica dos exercícios que ativam glúteo
  • 16. Posição de execução de exercício pra Biceps e resposta cardiaca, PSE e eletromiográfica
  • 17. Variações da Elevação Lateral e Atividade Eletromiográfica
  • 1. Existe diferença na recuperação da função neuromuscular entre homens e mulheres?
  • 1. Fase folicular ou lútea influência nos ganhos de força e hipertrofia muscular?
  • 1. Após um treino no supino reto, peitoral e tríceps tem a mesma recuperação?
  • 2. Após 12 séries quando o peitoral estará recuperado?
  • 1. Para ganhos de força e necessário ir até a falha?
  • 2. Utilizar o Strap potencializa mesmo o desempenho?
  • 1. Treino de potência reduz pressão arterial aguda e crônica?
  • 1. Amplitude total vs parcial na cadeira extensora?
  • 2. Microlesão sarcomial do bíceps - Amplitude total ou parcial?
  • 3. Repetições parciais podem maximizar a hipertrofia muscular?
  • 1. Qual a velocidade de execução ideal?
  • 2. Velocidade de execução pode influenciar o tempo de tensão muscular e repetições?
  • 3. Velocidade excêntrica rápida ou lenta?
  • 4. Controlar a velocidade é interessante?
  • 5. Perda de velocidade de execução e adaptações musculares
  • 6. Duração/velocidade de execução - Qual a influência sobre a hipertrofia muscular?
  • 7. Velocidade/cadência/duração da repetição auto selecionada, é melhor para hipertrofia?
  • 1. Treinar com quilagens baixas produzem ganhos de força e hipertropia muscular?
  • 2. Cargas altas ou baixas para idosos?
  • 3. Treino de powerlifting vs bodybuilder
  • 4. O que gera maiores ganhos de força e hipertrofia, treinar a 80 ou 30% e 1RM?
  • 1. Resistência manual produz ganhos similares ao treinamento com pesos?
  • 2. Efeito hipotensivo é maior no TRM comparado ao TRP?
  • 3. Treinamento resistido manual: aplicação e aceitação no treinamento personalizado
  • 4. Respostas psicobiológicas agudas do treinamento resistido com diferentes níveis de interacão social
  • 1. Treinar uma ou cinco vezes por semana o mesmo músculo?
  • 2. Com volume equalizado a frequência semanal de treino influência?
  • 3. Para hipertrofia melhor treinar duas ou três vezes por semana cada grupo muscular?
  • 1. Volume de treino baixo vs alto - O que gera mais hipertrofia para homens treinados?
  • 1. Encorajamento/estímulo verbal melhora desempenho de força?
  • 2. Encorajamento/estimulo verbal somado a feedback visual produz maior nível de força?
  • 3. Altura do encorajamento/estímulo verbal interfere na produção de força muscular?
  • 1. Alunos iniciantes conseguem realizar a conexão mente - músculo?
  • 2. Para alunos/clientes treinados a conexão mente-músculo funciona mesmo?
  • 3. Estimular a "esmagar o músculo" produz ganhos de força e hipertrofia muscular maior?
  • 4. Praticantes somente de TRP e conexão mente-músculo
  • 5. Focar no reto abdominal na prancha, aumenta a ativação?
  • 6. Flexão de braço - focar no peito aumenta a ativação?
  • 7. Focar nos músculos posteriores aumenta a atividade eletromiográfica no Agachamento?
  • 1. Puxada frontal produz os mesmos ganhos para bíceps que a rosca direta?
  • 2. Adicionar no treino de iniciantes exercícios monoarticulares, aumenta os ganhos?
  • 3. Em mulheres destreinadas, adicionar exercícios monoarticulares potencializa os ganhos?
  • 4. Para homens treinados, realizar monoarticulares aumenta os ganhos?
  • 1. Desidratação influência no desempenho do teste de 1RM?
  • 2. Desidratação prejudica o desempenho em uma sessão de TRP?
  • 1. Ir ou não até a falha para homens treinados? - Novas evidências.
  • 2. Ir até a falha é mesmo necessário? - Nova revisão
  • 1. Tempo de intervalo entre séries e exercícios e volume total no treino de bíceps e costas!!!
  • 2. Intervalo entre séries e exercícios de cinco minutos é melhor que dois?
  • 3. Sessão de treino Full-Body - Intervalo entre séries influência o volume total de treino?
  • 4. Intervalo de recuperação x volume total no treino de peito e tríceps
  • 5. Iniciantes necessitam de intervalos maiores entre series?
  • 1. Treinamento aeróbio reduz risco de câncer?
  • 2. Musculação reduz o risco de câncer?
  • 1. Intervalos longos, geram maiores ganhos de força e hipertrofia em treinados?
  • 2. Intervalos curtos ou longos - O que é melhor para maximizar hipertrofia?
  • 1. Qual a melhor pegada para ativar deltoide na remada alta?
  • 1. Flexão de braço - qual variação produz maior ativação de tríceps e peitoral?
  • 1. O que ativa mais deltoide - Pegada pronada ou neutra?
  • 1. Efeito da flexão nórdica sobre a arquitetura muscular do reto femoral
  • 2. Flexão nórdica reversar e mudança na arquitetura muscular dos vastos
  • 1. Posição do quadril, altera a ativação dos isquiotibiais?
  • 1. Variar a posição do ombro, altera ativação eletromiográfica do bíceps braquial?
  • 1. Pausa curta, prejudica os ganhos a longo prazo?
  • 1. Treinar com um personal trainer, potencializa os ganhos?
  • 1. Ângulo do joelho alteração ativação entre gastrocnêmios e sóleo?
  • 2. Mudar a posição dos pés, altera a ativação dos gastrocnêmios?
  • 3. Posição do pé influencia hipertrofia dos gastrocnêmios?
  • 1. Ocorre ativação seletiva do reto abdominal?
  • 1. PSE pode auxiliar para dosificação da carga de treino?
  • 1. Flexão Nordica com dorsi ou flexão plantar altera ativação muscular?
  • 2. Ocorre ativação seletiva na flexão nórdica e stiff?
  • 1. Afundo tradicional vs In line - Ocorre diferença na ativação muscular?
  • 2. Exercício Avanço - Influência da inclinação do tronco na atividade eletromiográfica
Voltar ao topo